rturing: um simulador de Maquinas de Turing escrito em Ruby

rturing é um simulador de Máquinas de Turing, feito originalmente com o intuito de substituir o morto e quase incompativel gturing.

Screenshot

Versão 0.1.3

The graphical Ruby's Turing Machine Simulator interface

Principais caracteristicas

É possível avançar e retroceder(!), pausar, retornar ao início e ir até o final (assumindo que não entre em loop).
O usuário pode editar a fita, o intervalo entre os passos e a máquina enquanto roda, e depois salvar a máquina nova para um arquivo.

Existe uma interface em modo texto, que atualmente é simples e não suporta retornar e editar, mas o fará em breve.

Atualmente suporta a sintaxe do gturing e a sintaxe das máquinas em Java mais conhecidas (chamadas TMS, mas aqui representadas por wiesbaden).
A GUI chama-se grats e a interface em modo texto rats (antigamente gturing e rturing).
Leia a seção Primeiros passos para mais detalhes.

Para baixar

rturing

Versão mais recente

A versão mais recente é a 0.1.6:
0.1.6

Versões anteriores

0.1.4 0.1.3 0.1.2 0.1.1 0.1

Primeiros passos

Esta seção informa como usar o rturing.

Formato básico

As máquinas são arquivos de texto, no qual linhas começando com um '#' são comentários.
Cada linha deve conter o estado atual, o símbolo lido, o símbolo escrito, informar se ele irá para a esquerda ou direita e o estado seguinte.
São aceitos 'r' ou 'd' para direita e 'l' ou 'e' para esquerda.

Interface de linha de comando

Execute rturing passando dois argumentos:
Cada passo será exibido na tela

Exemplo:
 $ rturing machines/add.tur 01010
 01010
 ^
 01010
  ^
 01010
   ^
 01110
    ^
 01110
     ^
 0111_
    ^
 0110_
     ^

Interface gráfica

Execute grturing, abra a MT e edite a fita.
Escolha um tempo de intervalo para cada passo que seja conveniente.
Existem menus para isso e teclas de atalho, que são mencionadas neles.
Segurar a tecla "Alt" ao mesmo tempo que uma das letras sublinhadas executa o comando correspondente a clicar o botão.